Boa qualidade do ar nas nossas casas protege a saúde

IndoorAirQualityPassamos cerca de um terço das nossas vidas no interior dos nossos lares, respirando o ar que neles existe. É por isso essencial que a qualidade desse ar seja boa para que nos nossos pulmões exerçam bem a sua função, mantendo a vida e preservando a nossa saúde.

Há a ideia de que nos países desenvolvidos como o nosso, habitações de boa ou razoável qualidade e hábitos de vida “civilizados” são suficientes para garantir boa qualidade do ar nos nossos lares. Nada mais errado!

O ar nas nossas casas é admitido do exterior e, portanto, a sua qualidade é influenciada pela qualidade do ar exterior. Por isso, se possível, evite habitar casas muito próximas de vias rodoviárias com muito tráfego ou junto de instalações industriais poluentes.

Mas, mesmo no nosso mundo, existem inúmeras fontes de poluição nas nossas casas. Continua a ser frequente a utilização de combustíveis fósseis, por exemplo, em fogões e esquentadores a gás e em lareiras. Esses fontes produzem partículas finas e outros poluentes, agressivos para o aparelho respiratório.

Fumar cigarros no interior das casas que habitamos é factor relevante de aparecimento de queixas respiratórias e mesmo de doença. Libertam-se poluentes que serão inalados por todos os presentes, fumadores ou não, e que são particularmente nocivos para as crianças. Acrescente-se que partículas e compostos voláteis aderem a paredes, reposteiros, carpetes, roupas, etc., de onde se libertam posteriormente, continuando a agredir o nosso sistema respiratório. O rasto que o cigarro fumado deixa dentro de casa não é “só” um cheiro, mais ou menos desagradável: são milhares de moléculas nocivas à saúde.

Outro problema em muitas das habitações portuguesas é a humidade. Esta é facilitadora do desenvolvimento de fungos e bactérias, que podem ser factor de doença e agente causal de alergias respiratórias.

Mesmo em casas aparentemente limpas existem enormes quantidades de partículas finas e ultrafinas em suspensão no ar. Inaladas estas partículas podem desencadear reacções adversas no nosso corpo.

Se utiliza aparelhos de ar condicionado atenção à sua manutenção. Os filtros devem ser mudados com a frequência recomendada para evitar que sejam colonizados por bactérias e fungos que podem ser responsáveis por infecções respiratórias graves.

Tintas, vernizes, colas, sprays de limpeza, desodorizantes ambientais, velas aromatizantes libertam partículas e moléculas voláteis que prejudicam a qualidade do ar que respiramos nas nossas habitações.

A melhor ou pior qualidade do ar depende da quantidade de poluentes presentes e os seus efeitos são tanto mais pronunciados quanto maior for o tempo de exposição.

Daí decorrem algumas medidas práticas:

1 – Atenção à qualidade do ar que entra nas nossas casas. Se possível escolher habitações em zonas com escassa poluição.

2 – Evitar todos os elementos que contribuam para a acumulação de poeiras: tapetes, cortinados, colchas, etc.

3 – Aspirar frequentemente a habitação (atenção ao aspirador usado para que não seja ele mais uma fonte de disseminação da poluição)

4 – Arejar frequentemente todas a casa

5 – Verificar o bom funcionamento de fogões, lareiras, aquecedores e aparelhos de ar condicionado.

6 – Minimizar o tempo de funcionamento ou utilização das fontes de poluição atrás referidas. Arejar as divisões após utilização de sprays, tintas, colas, vernizes, aromatizantes ambiente.

7 – Evitar a permanência em habitações que cheirem a tintas, colas, vernizes ou a humidade ou pó, antes de devidamente arejadas.

Texto: Teles de Araújo, pneumologista

Fonte: http://www.fundacaoportuguesadopulmao.org

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s