0

Relação do Gás Radón acumulado nas habitações e o cancro do esófago

Microcarcinoma do esófago

Microcarcinoma do esófago

INVESTIGADORES DO LABORATÓRIO DE RADÓN DA GALIZA DA UNIVERSIDADE DE SANTIAGO DE COMPOSTELA (USC) CONFIRMARAM A RELAÇÃO EXISTENTE ENTRE O CANCRO DO ESÓFAGO E ELEVADOS NÍVEIS DE CONCENTRAÇÃO DE GÁS RADÓN EM HABITAÇÕES

O estudo publicado no “International Journal of Radiation Biology”, conseguiu demonstrar uma relação directa entre a acumulação de gás residencial e a mortalidade por esta doença, ou seja, os municípios da Galiza com maior concentração de radón nas habitações apresentam também um maior índice de mortalidade por cancro de esófago entre os homens. Continuar a ler