A radiação das tecnologias sem-fios é um carcinogéneo

 

imagem-3

Comunicação de imprensa a 03 de Fevereiro de 2015

A associação NACST – Associação para a segurança das tecnologias utilizadas pelas crianças – pôs em marcha uma campanha para conseguir apoios para tornar visível o impacto na saúde das tecnologias sem fios nas crianças e a necessidade de apostar e promover tecnologias mais saudáveis nas escolas.

Debaixo do lema “Turn It Off 4 Kids” esta associação lança uma campanha para recolha de assinaturas de apoio, enviando a carta que se encontra no seguinte link www.nacst.ohttps://www.youtube.com/watch?v=k0BWlvnBmIErg/turn-it-off-4-kids-letter.html

Esta associação está a chegar a várias organizações cuja missão se centra na saúde infantil e no bem-estar, pedindo que a saúde das crianças e a sua exposição continuada à radiação sem fios nos centros educativos seja uma prioridade para este ano de 2015.

As redes de tecnologia sem fios nas escolas e outros centros educativos constituem uma ameaça grave para a saúde das crianças. As sala de aula estão equipadas com routers, computadores portáteis, wi-fi, e tudo isto cria um ambiente com uma exposição a radiações significativo.

Já é conhecido que as crianças são mais vulneráveis às radiações que os adultos, já que o seu organismo está em desenvolvimento e os impactos da exposição crónica à radiação são mais profundas.

Os estudos científicos têm demonstrado como as crianças absorvem até dez vezes mais radiação que os adultos. Além disso, não existem organizações médicas que indicam que a radiação sem fios seja segura e seguramente será este o motivo pelo qual não se tenham estabelecido limites adequados aos sistemas biológicos das crianças.

A iniciativa “Turn it Off 4 Kis” pede às organizações que trabalham para a prevenção do cancro e da saúde infantil que se juntem para velar pela saúde das crianças perante a exposição habitual às radiações sem fios.

Assim, a NACST pede:

  1. Exigir que todas as novas tecnologias nas escolas sejam por cabo;
  2. Substituir os sistemas de tecnologia sem fios existentes pelos sistemas por cabo.
  3. Incentivar a aplicação de esforços de prevenção primária como a educação do público acerca de medidas simples para reduzir a exposição sobretudo no que respeita às crianças e mulheres grávidas.
  4. Educar os membros e o público da sua organização sobre este tema via correio electrónico, páginas web de informação, materiais atualizados e todos os demais meios possíveis.

A NASCT expressa o agradecimento aos cientistas, médicos e defensores da segurança inalambrica que tenham apoiado esta iniciativa.

Estes são alguns depoimentos de cientistas que apoiem esta iniciativa:

Para não atuar hoje se consideraria ética e moralmente corrupto no futuro e isto é particularmente importante quando se trata do meio ambiente dos nossos filhos” – Olle Johansson, PhD

Esta é uma iniciativa muito importante. A tecnologia sem fios implementa-se em todo o mundo, apesar do facto de que a exposição às radiofrequências (RF-EMF) tenha sido classificada pela IARC na OMS como possível cancerígeno humano, Grupo 2B em Maio de 2011. Também outros efeitos de saúde agudos a longo prazo são de preocupação e por isto a tecnologia sem fios deve ser substituída por sistemas por cabo” – Lennnart Hardell, MD, PhD

Na situação atual de incerteza científica, é prudente limitar as exposições à radiação emitida pelos dispositivos de comuniação sem fios. Especialmente as exposições das crianças devem ser limitadas devido à larga duração da sua exposição e devido hà falta de conhecimento a respeito de se as radiações afetam o seu desenvolvimento” – Dariusz Leszczynski, PHD, DSc

Simplesmente não há razão para submeter-se as crianças, há força, nas saulas de aula ao Wi-fi, quando as alternativas por cabo são mais seguras e estão mais facilmente disponíveis” – Victoria Dunckley, MD

Fonte: www.nacst.org/nacst-turn-it-off-4-kids.html | Texto adaptado de GEA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s