0

Evidências sobre a relação entre ondas eletromagnéticas e saúde…

cem-campos-eletromagnéticos-influências-cérebro-prejudiciais-perigos-danos.jpeg

ESPECIALISTA AVISA… QUE AS ONDAS ELETROMAGNÉTICAS PODEM ORIGINAR MUTAÇÕES FUTURAS

“Um especialista em doenças profissionais, advogado e autor do livro “Invisível, uma novela sobre eletrohipersensibilidade”, Jaume Cortés, alertou para o facto de as ondas eletromagnéticas poderem criar mutações nas gerações futuras.

Jaume Cortés assegurou numa entrevista ao jornal Efe “que os estudos científicos sobre eletrohipersensibilidade e doenças relativas a outras sensibilidades químicas permitiram concluir de que “existem campos eletromagnéticos que modificam o ADN das pessoas, o que pode criar mutações nas futuras gerações”. Continuar a ler

0

Dia Mundial do Sono – A importância do quarto na sua saúde…

17174721

JÁ PENSOU NA RELAÇÃO EXISTENTE ENTRE O SEU QUARTO E A QUALIDADE DO SEU SONO…

Cerca de 50% da população tem problemas com o sono, principalmente insónias e cansaço matinal, devido às radiações eletromagnéticas que alteram o ciclo da melatonina.

Um sono de qualidade é o maior segredo para uma vida saudável, feliz, cheia de energia e vitalidade. Calcula-se, contudo, que cerca 25% dos portugueses sofrem de insónias crónicas afetando com maior incidência as mulheres e os idosos. O nosso bem-estar físico e psicológico está, sobretudo, dependente de um sono reparador e de qualidade de cerca de oito horas. É de realçar que o sono funciona como um equilibrador do humor e das emoções, permitindo recuperar o corpo e a memória, estimulando a criatividade e aumentando e consolidando a capacidade de aprendizagem. Continuar a ler

0

Quando deve contratar um Estudo Geobiológico?

Depositphotos_32608621_s– Quando as evidências (sintomas) ou determinados transtornos de saúde recorrentes nos fazem suspeitar de que a nossa casa pode estar afectada por algum tipo de agressão relacionada com o lugar onde descansamos ou trabalhamos. Conheça no seguinte link do nosso site alguns dos sintomas e doenças mais comunswww.habitatsaudavel.com/#!casa-saudavel/c127p Continuar a ler

0

Em Portugal o Ar Mata…

392961No nosso país há quase 6000 mortes prematuras devido à má qualidade do ar, alerta a Quercus. A associação ambientalista cita um relatório da Agência Europeia do Ambiente (AEA) divulgado hoje, segundo o qual os níveis de partículas de poluentes atmosféricos na Europa estão a atingir valores alarmantes. As concentrações elevadas podem levar à morte por asfixia. Continuar a ler

0

Boa qualidade do ar nas nossas casas protege a saúde

IndoorAirQualityPassamos cerca de um terço das nossas vidas no interior dos nossos lares, respirando o ar que neles existe. É por isso essencial que a qualidade desse ar seja boa para que nos nossos pulmões exerçam bem a sua função, mantendo a vida e preservando a nossa saúde.

Há a ideia de que nos países desenvolvidos como o nosso, habitações de boa ou razoável qualidade e hábitos de vida “civilizados” são suficientes para garantir boa qualidade do ar nos nossos lares. Nada mais errado!

O ar nas nossas casas é admitido do exterior e, portanto, a sua qualidade é influenciada pela qualidade do ar exterior. Por isso, se possível, evite habitar casas muito próximas de vias rodoviárias com muito tráfego ou junto de instalações industriais poluentes. Continuar a ler

0

Saiba como o local onde trabalha afecta a sua saúde física e emocional

Businesswoman working in the office

Qualquer coisa que altere o modo como nos sentimos emocionalmente gera um impacto na nossa saúde física, de acordo com a ciência da psiconeuroimunologia.

Existem três sistemas principais no corpo envolvidos na manutenção da saúde: o sistema nervoso, o sistema hormonal (endócrino) e o sistema imunológico. Eles estão num triângulo de comunicação, cada um interagindo com os demais. Qualquer coisa que afecte um sistema, afecta os outros dois. Continuar a ler

0

A relação entre o Homem e o seu bem-estar/qualidade do espaço habitado existe desde os primórdios da civilização

transferirO livro “Ares, Águas e Lugares” pode ser considerado o primeiro tratado de saúde pública, onde Hipócrates, pai da Medicina, fala pela primeira vez da interferência dos lugares na saúde humana:

“(…) o seguinte ponto refere-se aos ventos quentes e frios (…). Deverá também considerar as propriedades das águas (…). O médico deverá analisar a posição de uma vila em relação ao nascer e pôr-do-sol, pois um aspecto norte, ou sul, ou oriental, ou ocidental possuem caracteres diferentes (…). Também o solo, se é plano ou seco, com bosques e águas abundantes (…).

De acordo com Hipócrates, o médico deveria saber de todos estes aspectos para cuidar dos seus pacientes. Isto, porque o médico cuida da saúde e o objectivo é manter a saúde num estado óptimo. De facto, ao longo deste tratado, a relação com o ambiente é um traço característico na compreensão hipocrática sobre o fenómeno saúde-doença. Partindo da observação das funções do organismo e suas relações com o meio natural (periodicidade das chuvas, ventos, calor ou frio) e social (trabalho, moradia, posição social etc.), Hipócrates desenvolveu uma teoria que entende a saúde como homeostase, isto é, como resultante do equilíbrio entre o homem e o seu respectivo meio.