0

A sua casa é saudável? E você?

HabitatSaudavel

JÁ SE QUESTIONOU SOBRE O NÍVEL DE BIOHABITABILIDADE DA SUA CASA?
ESTEJA ATENTO AOS SINAIS…

Alguns sinais podem levar a que suspeitemos da existência de uma zona de intensa radiação terrestre (Zonas Geopatógenas) numa habitação, bem como da exposição a radiações artificiais.
De facto, se as suas dores, sintomas e/ou doenças não acabam, não obstante os diversos tratamentos médicos, terapias complementares e dietas realizados muito provavelmente o seu problema estará na sua casa.

RESPONDA ÀS SEGUINTES PERGUNTAS:
– Dorme Mal?
– Tem com frequência sonos desagradáveis ou pesadelos?
– Acorda, geralmente, por volta das 2 -4 horas da madrugada?
– Levanta-se mais cansado do que quando se foi deitar?
– Levanta-se cansado, recuperando a sua vitalidade à medida que passa a manhã?
– Sente alguma dor, ao levantar-se, a qual desaparece durante o dia?
– Sofre de doenças crónicas – fadiga crónica, fibromialgia ou outras doenças graves, etc.- para as quais os médicos não apresentam solução? Continuar a ler

0

A contaminação ambiental prejudica os pulmões das crianças durante a gravidez

prefeitura-monitorando-gestantesVários estudos foram realizados até à data sobre os efeitos adversos dos contaminantes atmosféricos nos pulmões das crianças e adolescentes em idade escolar.

Este novo estudo realizado por investigadores do Centro de Investigação em Epidemiologia Ambiental (CREAL) de Barcelona estudou os efeitos que tem nos pulmões das crianças a exposição das mães a contaminantes atmosféricos durante a gravidez. Este estudo determinou que o ar contaminado durante a gravidez, especialmente no segundo trimestre, é prejudicial para a função pulmonar das crianças e seu desenvolvimento. Continuar a ler

0

A relação entre o Homem e o seu bem-estar/qualidade do espaço habitado existe desde os primórdios da civilização

transferirO livro “Ares, Águas e Lugares” pode ser considerado o primeiro tratado de saúde pública, onde Hipócrates, pai da Medicina, fala pela primeira vez da interferência dos lugares na saúde humana:

“(…) o seguinte ponto refere-se aos ventos quentes e frios (…). Deverá também considerar as propriedades das águas (…). O médico deverá analisar a posição de uma vila em relação ao nascer e pôr-do-sol, pois um aspecto norte, ou sul, ou oriental, ou ocidental possuem caracteres diferentes (…). Também o solo, se é plano ou seco, com bosques e águas abundantes (…).

De acordo com Hipócrates, o médico deveria saber de todos estes aspectos para cuidar dos seus pacientes. Isto, porque o médico cuida da saúde e o objectivo é manter a saúde num estado óptimo. De facto, ao longo deste tratado, a relação com o ambiente é um traço característico na compreensão hipocrática sobre o fenómeno saúde-doença. Partindo da observação das funções do organismo e suas relações com o meio natural (periodicidade das chuvas, ventos, calor ou frio) e social (trabalho, moradia, posição social etc.), Hipócrates desenvolveu uma teoria que entende a saúde como homeostase, isto é, como resultante do equilíbrio entre o homem e o seu respectivo meio.

0

Viver perto de auto-estradas é um risco para a pressão arterial

A IMPORTÂNCIA DO AMBIENTE EM QUE VIVEMOS SOBRE A NOSSA SAÚDE, BEM-ESTAR E FELICIDADE

33 TjEyMDEwOTIwNC5qcGc=

Viver perto de uma auto-estrada pode aumentar o risco de hipertensão arterial, de acordo com um estudo publicado pelo “Jornal of the American Heartn Association”. No estudo analisaram-se mais de 5000 mulheres pós-menopáusicas, as que viviam a uma distância máxima de 100 metros de uma estrada com muito tráfico, sendo que estas apresentam um risco 22% maior de contrair hipertensão do que as mulheres que viviam a pelo menos 800 metros de distância.

Continuar a ler

0

“Algumas zonas de Portugal estão entre as mais radioactivas do mundo” – Alcides Pereira

perigo-radao-mapa-portugal

Depois de desmontar conceitos e mitos da radioactividade, ALCIDES PEREIRA confessa que às vezes fazia falta um psicólogo nos trabalhos de campo. Perante as concentrações elevadas de radioactividade natural que se encontram em algumas casas das Beiras e do Alto Alentejo, há quem fique obcecado e quem não acredite, porque o radão, um gás – a principal fonte de radiação ambiental – não se vê nem se sente.

Entrevista do “Coordenador do Laboratório de Radioactividade Natural da Universidade de Coimbra”, Alcides Pereira ao”Jornal I”.

0

A Geobiologia segundo o arquiteto Neufert

Em 1936 publicou-se a primeira edição alemã do livro “Arte de Projectar em Arquitectura” de Ernst Neufert, obra emconstante revisão e actualização, com várias edições (18ª edição em Portugal) e nela encontramos um capítulo específico com o título “Biologia da Construção”. Nesta obra, Neufert realiza um processo de síntese, abordando de forma concisa e extensamente ilustrada, uma ampla quantidade de informação, abordando as investigações e contribuições da Geobiologia, ciência que estuda a relação entre os seres vivos e o lugar no qual habitam.

SCAN0056SCAN0057 Continuar a ler

0

Placas de Indução: um perigo para as grávidas e para a saúde humana!!!

10653305_282814848572433_5640571400725131106_nEstas placas que nos últimos tempos têm sido publicitadas como electrodomésticos inovadores, seguros para a saúde humana e até mesmo ecológicos, afinal não o são, sendo um perigo eminente para a sua saúde, em especial as grávidas, pelos elevados níveis de campos electromagnéticos que emitem.
Leia, com atenção, este ALARMANTE ARTIGO que nos advertepara os perigos inerentes à utilização deste tipo de electrodoméstico. Continuar a ler

Vídeo
0

Campos electromagnéticos e seus riscos – entrevista com o Dr. Olle Johansson

Veja com atenção a entrevista com Olle Johansson, Doutor em Medicina e Neurocientista no Instituto Karolinska de Estocolmo. Esta é uma das maiores autoridades em campos electromagnéticos e respectivos efeitos na saúde humana, com mais de 30 anos de investigação nesta área.

Nesta entrevista, de forma directa, simples e sem rodeios transmite-nos uma mensagem nítida e clara: AS INVESTIGAÇÕES DEMONSTRAM SEM QUAISQUER DÚVIDAS QUE A POPULAÇÃO ESTÁ EM RISCO, EM CONSEQUÊNCIA DA ELEVADA CONTAMINAÇÃO ELECTROMAGNÉTICA a que estamos sujeitos diariamente… ainda que como ser humano espera e deseja estar equivocado.

DEIXO-VOS UMA DÚVIDA… Sabe quais os níveis de exposição a campos electromagnéticos em sua casa e o respectivo perigo que aí têm?
A HABITAT SAUDÁVEL AJUDA-O A SABER.

SAIBA MAIS:
http://www.habitatsaudavel.com/#!radiacoes-artificiais/c1mq3

0

Amianto: como lidar com o perigo…

834632ESTEJA ATENTO…

Em Portugal, entre 2007 e 2012, morreram 218 pessoas vítimas de mesotelioma, um cancro provocado directamente pela exposição ao amianto, 40 das quais só em 2012. O amianto tornou-se uma ameaça à saúde pública, pelo que a sua remoção deve seguir regras de segurança apertadas.
O amianto é um grupo de minerais fibrosos muito usado, durante séculos, como material de construção, devido à sua resistência ao calor, capacidade de isolamento e flexibilidade. Em Portugal, foi proibida a utilização/comercialização de amianto e/ou produtos que o contenham a partir de 1 de Janeiro de 2005.

CONTUDO, A PROIBIÇÃO NÃO FOI SUFICIENTE… PERMITINDO QUE O AMIANTO CONTINUE, PERIGOSAMENTE, CONVIVENDO CONNOSCO.

SAIBA MAIS EM:
http://www.deco.proteste.pt/saude/nc/noticia/amianto-como-lidar-com-o-perigo/1
http://blogamos.com/imagens/amianto-causa-cancer1.gif

0

Efeito nefasto das zonas de stress geopático na frequência cardíaca e tensão arterial…

Tensao_Arterial_Frequencia_CardiacaESTEJA ATENTO AOS SINAIS EM SUA CASA…

NÓS AJUDAMO-LO A SABER SE ESTÁ A VIVER SOB UMA GEOPATIA

Um estudo publicado no “Jornal Indiano de Ciência e Tecnologia” relaciona as zonas de stress geopático com variações na pressão arterial e na frequência cardíaca. Este estudo mostra-nos que as pessoas que se encontram expostas a zonas geopatogénicas podem sofrer sinais de fadiga, esgotamento, depressão, nervosismo, dores de cabeça, formigueiros nos braços e pernas, assim como degradação do sistema imunitário. Continuar a ler